Saudade de casa

2013-10-20 12.39.41

 

Vivo numa casa com jardins floridos. Telhado de tonalidade azul, com uma varanda aconchegante de onde vejo um campo de alfazemas. Nela, vivo com entes queridos; não esqueço a alegria, a conversa leve, franca e amistosa. Na casa, em sua sala, há um lugar onde oramos e recebemos a visita de amigos espirituais que nos ensinam as coisas de Deus. Quando anoitece, o céu adquire coloração azulada e tudo parece preenchido de música, perfume e da presença de Deus. Tenho saudades de lá. Quando me canso, volto, reencontro amigos, replanejo o futuro e então retorno à lida terrestre. Tenho saudades daqui quando lá estou. Sinto falta dos entes queridos de cá, da casa aconchegante e dos amigos queridos. Tenho duas saudades. Vou transformá-las numa só quando puder, livre e instantaneamente, transitar nos dois mundos.

 

Texto: Adenáuer Novaes

Anúncios
Esse post foi publicado em Reflexões. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s