O que você entende por Freqüência?

frecu

Freqüência; esta palavra é a chave para muitas considerações no Espiritismo. Quando não víamos Emmanuel nas manifestações através de Francisco Cândido Xavier, ou não vemos Joanna de Angelis, através do médium Divaldo Pereira Franco, ou ainda Leocádio José Correia nas suas manifestações através do médium Maury Rodrigues da Cruz, é porque estes espíritos desencarnados têm as suas frequências de vibração muito elevadas, e os nossos aparelhos visuais não conseguem captá-la.

 Mas o que é freqüência? De onde surgiu isto? É um fenômeno físico, ou algo inexplicável?

Nas bases da ciência e da literatura…

 No dicionário Aurélio1, temos muitos significados para este termo, além de informar-nos que se trata de um substantivo feminino. Vindo do latim, frequentia; este termo aparece de várias formas em nossas vidas, como por exemplo:

  • é a repetição seguida de fatos ou acontecimentos (frequência de fatos);
  • ou as pessoas que freqüentam um lugar (frequência de pessoas);
  • na medicina pode-se observar quantas vezes o nosso coração bate num minuto (frequência cardíaca);
  • ou ainda, na física, encontra-se em um movimento periódico, o número de ciclos que a rede elétrica apresenta (frequência elétrica – no Brasil é de 60 ciclos);
  • na estatística, é o número de vezes que um valor aparece numa experiência ou numa observação (freqüência absoluta, frequência simples, etc.).

 E todas são descrições cabíveis, porém às vezes difíceis de se observar, ou até de entender (…mas eu prefiro sentir o seu significado, que somente entender.).

 Mas infelizmente, esta dita freqüência, ainda pode ganhar alguns adjetivos mais impressionantes ainda, como:

  •  Freqüência acumulada; onde em estatística, ocorre numa distribuição de freqüência, com o somatório das freqüências absolutas, ou seja a frequência das frequências.
  • Freqüência angular; que ocorre na física; num movimento periódico, e é o produto da freqüência do movimento por 2Π (dois pi).
  • Freqüência de corte; isto acontece em eletrônica, num circuito-filtro, e trata-se da freqüência acima ou abaixo da qual o circuito não oferece resposta.
  •  Freqüência modulada; ocorre na física e se define como a freqüência variável que a cada instante é proporcional à amplitude de outro movimento periódico; também conhecida como FM, muito utilizadas nas rádios de hoje.
  • Alta frequência; são as freqüência superiores a 1.000.000 Hz2, como a das estações FM por exemplo.
  • Baixa frequência; é a faixa de frequências compreendidas, aproximadamente, entre 30.000 Hz e 300.000 Hz.

 E por aí a fora….

 Entendendo melhor …

Quando mencionamos a palavra freqüência no Espiritismo, estamos nos referindo à vibração: vibração de partículas, energia ou campos energéticos (como nos átomos). A freqüência mede o número de vezes que uma determinada partícula, ou um grupo delas, ou ainda a energia, vibra no espaço em uma dada unidade de tempo, geralmente o segundo.

 Então …

Do ponto de vista de percepção visual, nós encarnados, comumente não conseguimos observar os espíritos desencarnados pois a vibração da manifestação destes está além do limite que o nosso aparelho ótico tem a capacidade de perceber. Ou seja, a freqüência da vibração dos mesmos é muito alta para os nossos olhos verem.

 Assim também ocorre quando pensamos, pois o pensamento irradia campos de energia, e não os conseguimos perceber visualmente enquanto encarnados.
Ao mencionarmos que isto ou aquilo ocorre por similaridade de freqüência, estamos querendo dizer que os grupos agentes destes eventos são portadores da mesma quantidade de vibração (freqüência) entre si, ou estão irradiando (pensando, emitindo energia) uma vibração que se assemelha a eventos ou grupos que são os objetivos.

 Por fim …

 Quando selecionamos o botão que ajusta a estação de um rádio, estamos preparando o mesmo para receber a freqüência da estação que queremos. Conosco, espíritos encarnados ou não, ocorre algo semelhante, atraímos e somos atraídos por freqüências que nos são assemelhadas. Por isto esta palavrinha “frequência” é tão utilizada no espiritismo, porque é a pura e simples realidade dos fatos, vibrando de acordo com o nosso livre arbítrio, iremos tender a nos aproximar para onde a nossa vibração nos levar.

 Então, entendendo melhor o significado deste termo, tanto na língua portuguesa quanto nas ciências, no espiritismo podemos aplicá-lo para explicar melhor a comunicação entre espíritos (encarnados ou não), mas isto é assunto para uma próxima matéria.

 Observação: Por que se utiliza o conceito Freqüência dentro do Espiritismo?

Esta questão é bem interessante! A maioria de nós não percebe que os espíritos, mesmo em situações mais elevadas, ainda assim necessitam do seu perispírito. Por mais tênue, ou mínimo que seja, ainda assim necessitamos dele para podermos atuar junto à matéria (independente da densidade desta matéria, mais ou menos grosseira).

Desta forma, o espírito tem que construir, ou manter, em si o perispírito. Para poder realiza-lo há que organizá-lo através de alguma força que traga o Elemento Cósmico Universal – ECU (ou fluido cósmico universal, como as literaturas mais antigas nominam), para formá-lo. Isto só é possível graças à grande influência que a força do pensamento imprime sobre o ECU, conformando-o no formato desejado (neste caso, como perispírito).

Ora, o ECU (que é ainda muito, muito, muito, …, primordial que os prótons, quarks, gluons, ou fótons), dá origem aos mais diferentes tipos de matéria que existem no Universo. Desde as mais densas, como: as rochas e os nossos corpos, até as mais rarefeitas, como: o ectoplasma e o perispírito, por exemplo.

Como o perispírito, que é extremamente menos denso que os nossos corpos,é originado no ECU, uma força que emana do espírito tem que sensibilizá-la de alguma forma. E é através do pensamento que dispara ondas de organização para o ECU conformar-se de acordo com a vontade do espírito. Assim, estas ondas de pensamento interagem com estas unidades
básicas da matéria (ECU), formando o perispírito.

Por consequência, o pensamento emana algum tipo de vibração que organiza o ECU; vibração é energia, portanto, passível de ser identificada através de seu comportamento como partícula ou onda (vide a física quântica). Já através da equação de Einstein (E=m.c2), pode-se diretamente relacionar energia com a matéria densa (pois uma e outra são estados diferentes da mesma essência).

Daí falar-se em frequência na relação com o espiritismo.

1 Novo Dicionário Eletrônico Aurélio versão 5.0. O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa corresponde à 3ª. edição, 1ª. impressão da Editora Positivo, revista e atualizada do Aurélio Século XXI, O Dicionário da Língua Portuguesa,

2 Hz é a sigla da unidade denominada Hertz. Esta unidade tem este nome em homenagem ao físico alemão Heinrich Rudolf Hertz, que fez importantes contribuições à ciência. O Hz é a unidade de medida de freqüência e expressa a quantidade de oscilações (vibrações) por segundo que um objeto qualquer pode ou está a realizar.

Fonte: Raul J. F. de Oliveira.
Doutor em Ciências
Engenheiro Eletrônico
Prof. Universitário (FALEC)
Membro do GEPET

Anúncios
Esse post foi publicado em Conhecimento e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O que você entende por Freqüência?

  1. Adriana disse:

    Muito boa a explicação dada pelo Prof. Raul!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s